sábado, 20 de maio de 2006

É para isto?

É para isto que querem um Coliseu?
Sinceramente, não desfazendo nos grupos que por lá vão passar, acho (opinião meramente pessoal) que a programação até ao final de Junho não é duma casa como um Coliseu.
Os grupos que por lá vão passar até ao fim de Junho têm lugar noutros palcos. Não naquele.
Com uma casa deste género (Coliseu) ou se faz a sério, ou mais vale estar quieto.
Ter espectáculos por ter não é mau, é mau demais.
No fim de contas, não se é "Coliseu" apenas por ser. Um Coliseu é um Coliseu. Não é à toa que existem poucos em Portugal. Já os contaram? Contem lá...

1 comentários:

Sandra disse...

Eu lembro-me do Coliseu daquele tempo em que estava quase podre, em completo desleixo. Fomos "vizinhos" durante dois anos (porque vivi naquela rua) e lembro-me dele quase sempre fechado e ao abandono. É bom que tenha sido revitalizado, claro que é. Merecia ser anfitrião de espectáculos melhores? Claro que sim. Mas nestas coisas o dinheiro fala sempre mais alto - e a massa (o povo, não no sentido pejorativo...) traz "massa"; negócio é negócio... Se vires bem, o de Lisboa também passa por essas "crises"; tanto que às vezes nos perguntamos "quem?? No Coliseu???" e encolhemos os ombros - claro que depois os bons espectáculos compensam os menos "bons". Aí ainda não?