sábado, 14 de março de 2009

11 e mais 11 e mais 11... Queremos sempre mais

Agora, depois do meu pai morrer, o "Parabéns" de aniversário ganhou outro sentido, outra força.
Antes era praticamente indiferente: era apenas mais um dia.
Agora dá que pensar.
Afinal, ano após ano, é (perante a ignorância em que somos licenciados) bom estar por cá.
É (digo eu, do alto baixinho dos meus 36 anos) uma sorte vê-los passar: um por um.
Ontem, um grande amigo telefonou-me para me dar os tais "Parabéns". Antes disso recordou : "há 11 anos estavas aqui, acabado de chegar". É verdade.
Mais do que recordar e lamentar terem já passado 11 anos, dei por mim a pensar que tenho muito que recordar. E as recordações, desde que não representem lamentos, são agradáveis.
Há 11 anos ( e um dia) estava eu noutras paragens. E nestes 11 anos fiz tanto (filho incluído).
Valeu a pena? Claro que sim. Venham mais 11. E mais 11. E mais.
Até um dia...

2 comentários:

Miguel Decq Motta disse...

Gostei da tua atitude positiva!
Parabéns!
Abraço!

Andreia Lima disse...

Olá desaparecido :)
olha nao deixes de ser o homem forte ke sp foste, senao é pancadaria feia eheh :) beijao