domingo, 11 de outubro de 2009

Green Greeeeeen... Yellow!

Há uma linha telefónica de/para Tabagistas Anónimos!!! ('no comments')...
Recebi uma nova lista telefónica: é sempre um acontecimento.
Esta, diz aqui, dá para 2009 e 2010. Páginas Brancas e Páginas Amarelas.
Optei pelas brancas. As amarelas “sabem-me” a publicidade enganosa.
Facto é que as brancas surpreendem-me.
Detenho-me na página 3: “Serviços de aconselhamento e apoio”.
Numa leitura na diagonal, deparo-me com uma realidade inesperada: há concorrência nestes “serviços”:Pára tudo! Até nos “serviços de aconselhamento e apoio” há concorrência! “#$%&!!!
Depois percebo algumas das diferenças: uns têm chamadas grátis, outros chamada local, outros ainda chamada com preço independente da distância.
Mesmo assim, é preciso constatar a concorrência que fazem as instituições, entre elas próprias.
O apoio à mulher é, de longe, aquele que mais mercado tem (supostamente).
Assim, só naquela, como quem não quer a coisa, deparo-me com a linha “igualdade e direitos das mulheres” (chamada grátis). Há também um ”centro de apoio à mulher” que se diz de “apoio a mulheres vítimas de violência. Abrigo” e que se diz disponível em horário de funcionalismo público. Claro que para ligar para essa linha, há que desembolsar: é um “296”.
Para aumentar a concorrência (digo eu) surge a SOS Mulher – UMAR (chamada local – apoio à mulher vítima de violência – das 7h às 24h). Isto para não perder muito tempo com a APAV, que surge logo de seguida e que é a Associação de Apoio à Vítima. E como vítima pode ser mulher ou homem, vou fazer de conta que esta não faz concorrência às outras.
Depois da mulher, vem a criança, claro.
SOS-Criança (chamada grátis), Criança Maltratada (tlf. de Lisboa) e Recados da Criança (grátis). Acham que uma criança com problemas conseguirá decidir qual delas utilizar? Duvido, mas enfim. Haja escolha.
E agora... a sério... a sério mesmo, não estou a brincar: sabiam que existe uma linha chamada de “Tabagistas Anónimos”???????!?!?!?!?!?
Tipo: “Olá, o meu nome é Mariano, tenho 37 anos, sou solteiro e fumo 'cma doido'... Por favor não espalhem a notícia, porque os meus pais não sabem que fumo, ok?”...
Tabagistas anónimos? Em frente...
Consultando esta única página fico ainda a saber que os alcóolicos têm uma sociedade contra eles. Todos. É precisamente a “Sociedade Anti-Alcoólica Portuguesa”. E os tabagistas? Não merecem uma linha contra a sua classe? É, digo eu, discriminação.
Entre a classe dos anónimos, há também os “Narcóticos” e (pasme-se) as “Famílias”.
A sério, há uma linha intitulada “Famílias Anónimas. Não posso é opinar sobre que assuntos se fala nesta linha porque na página não dizem mais nada. “Famílias Anónimas” e pronto. Se a minha família não aparecer nos jornais e/ou revistas, será que posso apresentar queixa nesta linha? Fica a dúvida.
Entre a SIDA também há concorrência: Linha SIDA ou a SOS-SIDA.
E o suicídio também tem anti-concorrência: SOS Voz Amiga – angústia, solidão e Prevenção do suicídio, para além da linha Telefone da Amizade – Apoio em Situações de Crise Pessoal e Suicídio.
Ou seja, numa situação de suicídio, o suicida deve telefonar para uma destas linhas?
Ah, já vos falei da existência dos Tabagistas Anónimos? A sério... Gente que fuma... anonimamente... gente perigosa, portanto. “Ah, tu pareces muito limpinho e tal e coisa mas às tantas... fumas! E não dizes a ninguém!”.
A finalizar esta página está o SOS Estudante – apoio emocional... Ó senhora, o professor deu-me uma nota de “==)”(#$%/”!!!!! Eu vou-lhe às fuças!!!!!!!!!! “ não faça isso... estude mais... ou elimine o Prof.... anonimamente, sei lá”.
Ah!, e os tabagistas? Ui ui.... ele há os conhecidos, que não têm linha telefónica dedicada e há os anónimos, esses sim, 'gandas malucos', com linha personalizada e tudo.
Mais do que arrepender-me de ter começado a fumar, depois de conhecer esta página da lista telefónica, arrependo-me de ter fumado em público!
Onde é que eu estava com a cabeça?

2 comentários:

Fiat Lux disse...

A lista telefónica é um mundo por explorar :)
Vou já começar a ler a minha

H. Blayer disse...

Aconselho-te vivamente uma leitura atenta às páginas da lista telefónica, dedicadas à Graciosa... atenção aos nomes do género "Valquério, Oriolando, Hildelberto e Aciolinda... entre MUUUUUIIIIITOS outros" Ehehehehe