quarta-feira, 29 de junho de 2005

Assine aqui, p.f....

Há dias fui a uma reunião de pais, na Escola de S. Pedro (SP).

Assuntos a debater: obras na Roberto Ivens (RI) , transferência (possível) de alunos de São Roque e Livramento para a mesma Escola; (possível) fim do desdobramento da Escola de S. Pedro.
Orador principal: Carlos Veloso, Presidente do Conselho Executivo da RI.
Intenções: o Presidente da RI não queria (pelo menos para já) receber os alunos de São Roque e Livramento. O Presidente da RI quer que alunos da Escola de SP sejam transferidos para a RI, a fim de se terminar com o desdobramento existente.

Alegações de Carlos Veloso:
- a existência de um despacho do Secretário Regional da Educação (SRE) a dizer que enquanto a RI estivesse em obras, os alunos das freguesias referidas seriam encaminhados para a Canto da Maia (CM).
- As obras da RI estão no final da PRIMEIRA FASE, que consta da construção de raíz das novas valências.
- Posteriormente ao final das obras da 1ª fase, seguir-se-á uma 2ª fase, de restauração do edifício antigo da RI.
- Mesmo com a 1ª fase terminada (termina em Agosto, segundo o SER), face à existência de uma 2ª fase, as obras não acabam definitivamente este ano.
- Caso tal acontecesse, poderia haver problemas de segurança, pelo “excesso” de alunos.
- Nas novas instalações iriam ser instalados “serviços específicos” necessários ao funcionamento da escola. Nem todas as salas serviriam para aulas, daí não caberem todos os alunos.

Carlos Veloso, propõe assim aos pais e encarregados de educação da Escola de SP que assinem um documento, a pressionar o SRE, para que, antes de deslocar os alunos de S. Roque e Livramento, se desloquem os de SP, a fim de terminar com o desdobramento.
O Presidente insiste no facto de não se estar aqui a tentar discriminar os alunos de S. Roque e Livramento: trata-se principalmente e acima de tudo, de justiça fundamentada na lei (o despacho provisório do SRE, em relação às obras da RI).
Caso os pais assinassem o documento, a enviar ao SRE e a concretizar-se o cenário dos alunos de S. Roque e Livramento não serem encaminhados para RI, existira a FORTE POSSIBILIDADE (mas não a certeza) de se poder encaminhar sim alunos da
Escola de SP para a RI e acabar de uma vez por todas com o desdobramento, que causa incómodos a dezenas e dezenas de famílias.

Ora como é lógico, todos os pais assinaram o documento.

A discórdia entre as escolas RI e CM foi assunto noticiado por diversas vezes em rádios, televisão e jornais.

Passados alguns dias (hoje, 29/06/05), o SRE visita a Escola RI e informa que os Alunos de S. Roque e Livramento vão ser transferidos para a RI e os alunos da Escola de SP vão também para aquela escola, de forma a acabar com o desdobramento de horários de uma vez por todas.

Carlos Veloso aproveita também na mesma altura para dizer que assim vão ter que adiar a instalação de alguns “serviços específicos” no novo edifício, por um ano.

Bem, agora falo eu para dizer:
Terá Carlos Veloso tentado por os “serviços específicos” à frente dos alunos?
Se afinal cabem lá todos (vão ser cerca de 600, no total), porque é que Carlos Veloso não queria receber os alunos de S. Roque e do Livramento?
E porque é que receberia de “braços abertos” os da Escola de SP? Compaixão?
Todos sabemos que os alunos de São Roque e do Livramento tem a FAMA de problemáticos, vindos de duas freguesias com carências e problemas.
Carlos Veloso não queria recebê-los porquê, afinal?
Por falta de segurança? Ele mesmo afirmou que a falta de segurança, mesmo durante obras, nunca se poria, até porque a segurança dos alunos estava primeiro.

Sinceramente e na MINHA opinião, o Presidente da RI não queria receber os alunos de S. Roque e Livramento precisamente por poderem estes ser alunos problemáticos. Esta seria, na MINHA opinião, a única razão. Esta é, na MINHA opinião, a única razão lógica para Carlos Veloso se ver na necessidade extrema de, não conseguindo por outra forma, reunir os pais da Escola de SP e “pedir” para assinarem um documento contra essa transferência, com o falso pretexto de que se não houvesse transferência de alunos dessas duas freguesias, a Escola de SP poderia transferir os alunos e acabar com o incómodo desdobramento.

Carlos Veloso USOU os pais e encarregados de educação da Escola de SP para pressionar o SRE a atender os pedidos do Conselho Executivo da RI, a que preside, digo eu.
Na MINHA opinião.
Má opção, má figura. Na MINHA opinião.

segunda-feira, 27 de junho de 2005

Comentários para quê?

Não façam perguntas difíceis. Não faço a mínima ideia onde saiu isto. Mas pronto, fica a curiosidade. Eu pelo menos, nunca tinha ouvido falar em semelhante caso. Posted by Hello

domingo, 26 de junho de 2005

Publicidade, precisa-se.

Excerto da crónica de Miguel Gaspar, no DN de hoje. Gostei particularmente desta ideia.

"Quando o processo Casa Pia começou, ainda era possível acreditar que estes processos a gente conhecida provavam a isenção da justiça. A repetição destes casos mostra que a justiça divulga-os para obter publicidade (quem disse que o tempo da Justiça não é o tempo dos media?). "

Faz confusão, no mínimo.

Há coisas que me causam uma ligeira, para não dizer grande confusão.
Ando na internet regularmente desde 96.
Já vi de tudo um pouco na Web.
Mas há certas coisas que dão que pensar, mais do que outras.
O Canal dos Açores (#acores) no IRC (Internet Relay Chat) tem um site onde os utilizadores podem criar galerias de fotografia, fóruns, blogs, conversar com outros users, comentar fotos, expor problemas, contactar dos mais diversos modos com outras pessoas.
Ora é claro que, como em qualquer outro site onde exista interactividade, e onde o utilizador passa a ser o próprio a decidir que conteúdos estarão à disposição, também esta página do canal dos açores está sujeita a situações que no mínimo, dão que pensar.
Não sei, sinceramente, como apelidar este tipo de situação, nãi sei inclusive se serão situações que mereceriam algum tipo de controlo parental ou não, não sei.
Sinceramente, faz-me apenas confusão que miúdas (e miúdos) de 14, 15 ou mesmo 16 anos disponibilizem na internet e neste caso específico, no site do canal dos açores, fotografias suas que podem ferir algumas susceptibilidades ou causar mesmo situações de incómodo aos próprios utilizadores que as disponibilizam.
Refiro dois casos, apenas dois, das dezenas que estão disponíveis numa página de livre e gratuito acesso. Esta, de uma miúda que diz ter 16 anos, e esta, de outra que garante ter 14. 14 anos.
Se calhar estou a fazer um filme sobre este assunto. Se calhar.
Por outro lado não acredito que algum pai saiba da existência deste tipo de fotografias disponíveis online.
Agora, acho delicado e no mínimo, discutível este tipo de atitude, por parte de adolescentes que provavelmente, nem sabem muito bem o que estão a fazer e só querem ter mais alguma da atenção que já têm (ou não).
A culpa, claro, não é de ninguém, é deles, é dos pais, é da própria sociedade em que estamos inseridos.
De qualquer forma e não querendo fazer juízos de valor acerca de um assunto que me parece no mínimo, complexo, manifesto a minha apreensão.

sexta-feira, 24 de junho de 2005

Pagas tu e pago eu...

Posted by Hello

Esta fotografia faz parte de uma página inteira de publicidade (paga por nós todos) da Secretaria Regional da Habitação e Equipamentos. O fotografado é, segundo consta na página publicada no Expresso das Nove, José Contente, Secretário Regional.
Fora a qualidade da impressão, a própria página de publicidade, estupidamente mal conseguida, cheira a campanha eleitoral a favor do PS. Afinal, avizinham-se autárquicas...
Mas pronto, o defeito pode ser do meu nariz...

quinta-feira, 23 de junho de 2005

Resquícios de tourada... Olé!

A RTP Açores passou hoje (23/06) no Telejornal, peças sobre acontecimentos de ontem e antes de ontem...
Devem ter sido as peças que não "couberam" no Telejornal de ontem, por causa da tourada.
Viva o serviço público regional.
Nunca se deita uma notícia fora. Não se dá hoje? Amanhã é outro dia.

Música para uma noite calma... ou não.

Deu-me para revirar na tredúzia de cd's guardados...
(Re)Encontrei Tom Waits nos vários álbuns que tenho.
Deliciei-me.
Advertência: ou se gosta ou não se gosta.
Aprender a gostar de Tom Waits demora bastante tempo e é preciso conhecer o mínimo da carreira e da vida do compositor/cantor.

Pulmão com pó de travão...

Curiosidade publicada no mesmo jornal do "duas três"...

"Os pulmões do finlandês Mika Salo, que correu 111 grandes prémios de F1, apresentam uma elevada quantidade de pó de fibra de carbono, procedente dos travões dos monolugares. Salo, de 38 anos, vai agora ser visto pelos médicos da FIA para determinar os riscos que o pó pode acarretar para a saúde dos pilotos."

quarta-feira, 22 de junho de 2005

Duas ou três...

"Pérola" da edição do DN de hoje...

"As direcções de duas três newsmagazine nacionais, a Visão, que lidera o mercado, e a Focus, mudaram no mesmo dia."

:)

Mudanças...

Olha olha... A página do Teatro Micaelense está bem diferente (aquela de que se falou aqui recentemente)
Que engraçado.
E está bem melhor!
"Limparam" a página, felizmente. Está bem mais agradável.
E mais prática de consultar.
Esperemos que os conteúdos se mantenham actualizados a tempo e horas.

RTP Açores - Primeiro os Toiros!

Fiquei parvo...
Estava eu a ver e ouvir o noticiário da RTP/Açores...
A notícia, logicamente - a mesma que marcou a actualidade durante todo o dia: a greve dos professores marcada para esta quinta-feira, a providência cautelar dos sindicatos a que o Tribunal Administrativo de Ponta Delgada deu razão, ao decidir anular o despacho do Secretário Regional da Educação, eliminando assim os serviços mínimos para garantir os exames nacionais...
O líder do PCP Açores em estúdio... Álamo Meneses em directo... Notícia vai a meio, debate começa a instalar-se e a aquecer... Inúmeras questões por esclarecer...
E o jornalista Pedro Moreira a dizer que este debate dava pano para mangas mas daqui a bocado há uma tourada em directo na TV que (não) mostra os Açores, portanto, calem-se lá mas é, que a gente não tem tempo para elucidar quem nos vê. Daqui a bocado vejam os toiros se quiserem.
Xiu!

Conclusão: para a RTP/Açores os toiros, coisa que acontece em poucas ilhas dos açores, têm muito mais importância do que os professores e os alunos, que pululam em todas as ilhas!

E mais nada!
Calou!
É toiros e acabou-se!
Quanto ao resto, fica para outro dia. Pode ser que a RTP/Açores volte ao tema um dia destes, como tão bem sabe fazer, ao recuperar por vezes, notícias de há 3 e 4 dias atrás.
Toiros!

segunda-feira, 20 de junho de 2005

Estratégia Comercial (ou falta dela)

Tenho, ou melhor, tinha por hábito tomar café depois de almoço na Central, mesmo em frente à Matriz de Ponta Delgada.
Hoje dei com a cara na porta e tive ainda tempo para ler alguns dos anúncios colados nas janelas: "Aluga-se".
Muito mal deviam andar as contas da Central para logo agora, em que ter casa cheia era mais do que assegurado, nem que fosse de camones e afins, a empinar canecas de imperial todo o santo dia, encerrar portas.
Não é que o serviço da Central fosse algo por aí além, porque de facto, não era, mas o local é bastante agradável, tendo em conta que só frequentava aquilo durante os dias de trabalho.
Bem, pode ser que alguém alugue o espaço e me sirva café (descafeínado, mais precisamente) brevemente.

Incapacidade mental é fixe! E dá dinheiro!

Isto é mesmo verdade?

(recebido por mail)
Em Setembro de 2002 foi publicada na II Série do Diário da República a aposentação do Exmº. Senhor Juiz Desembargador Dr. José Manuel Branquinho de Oliveira Lobo, a quem foi atribuido o número de pensionista 438.881.

De facto, no dia 1 de Abril de 2002 o Dr. Branquinho Lobo havia sido sujeito a uma “Junta Médica” que, por força de uma doença do foro psiquiátrico, considerou a sua incapacidade para estar ao serviço do Estado, o que foi determinante para a sua passagem à aposentação.

De acordo com o disposto na alínea a) do nº.2 do artigo 37º do decreto-lei nº.498/72 de 9 de Dezembro, em caso de aposentação motivada por incapacidade ou doença, constitui regalia dos magistrados judiciais auferirem a sua pensão de aposentação por inteiro, como se tivessem todo o tempo de serviço para tal necessário.
Por esse motivo , o Dr. Branquinho Lobo passou a auferir uma pensão de aposentação no montante de € 5.320,00.
Contudo, por resolução proferida no dia 30 de Julho de 2004, o Conselho de Ministros do Governo do Dr. Pedro Santana Lopes nomeou o Dr. Branquinho Lobo como Director Nacional da Polícia de Segurança Pública.
Desde então, o Dr. Branquinho Lobo acumula a sua pensão de aposentação por incapacidade com o vencimento de Director Nacional da P.S.P.
Para ser Director Nacional da P.S.P. não é preciso ser doido.
Mas pelos vistos ajuda muito. . .
(fim de mail)

Um juiz incapacitado mentalmente tem no entanto qualidades e capacidades suficientes para estar á frente da PSP?

Isto é Portugal...

Domingo à noite, depois de uma tarde de caça submarina, nada melhor que comer qualquer coisa (pouco, porque a fome desaparece sempre que faço caça submarina, ainda não percebi porquê) reservar o sofá e fazer zaping.
Ora nessa actividade extremamente desgastante para mão que empunha o comando, parei 30 segundos (tempo demais!) na TVI...
O que me despertou curiosidade? uma t-shirt envergada por alguns dos presentes na Gala(?!?!?!) da "Quinta das Celebridades".
E porquê?
A t-shirt tinha uma mensagem que me arrepiou: "Tino (de Rans) é Portugal!"
Não posso deixar de concordar.
Grande parte da população deste país não passa de "Tinos".
Para mim, isso não deixa de ser uma preocupante realidade.

domingo, 19 de junho de 2005

Serviço Público

O verdadeiro serviço público, nãoo haja dúvida. Eu só queria saber se a RTP ia transmitir o Grande Prémio dos USA em directo... Mas pelos vistos, estou proibido! Viva o serviço Público! Posted by Hello

quinta-feira, 16 de junho de 2005

Portinhola envergonhada...

O Portal do Governo Regional devia estar online desde Novembro do ano passado.
Esse portal foi alvo de alguma publicidade, aquando do surgimento da ideia e do início dos trabalhos, desenvolvidos internamente.
Entretanto, o portal não apareceu na data indicada e ninguém (do governo) disse nada, logicamente.

Entretanto, o assunto foi tratado jornalisticamente falando... Pela TSF e pelo Açoriano Oriental, posteriormente.
Agora, o que não quer dizer que tenha sido provocado pela chamada de atenção dos OCS’s referidos, mas também não quer dizer que NÃO tenha sido (muito provavelmente acabou por ajudar a acelerar o processo, nem que seja pelo incómodo) o portal já está disponível online, sem alaridos, sem festa, sem pompa nem circunstância.
Bem, o portal o portal também não está 100% funcional.
Há muita coisa que ainda não serve de muito, e outras há que nem estão ainda online...
Ou seja, o processo é o mesmo de sempre...
Aquilo que tinha todas as condições para aparecer em grande e em pleno, acaba por aparecer pela “porta do cavalo”. Sem barulho, ressonância ou afins.

Estamos perante uma portinhola envergonhada, quando devíamos ter à nossa frente um portão escancarado.

Para que é que insistem em mostrar às pessoas os projectos de forma inacabada, enjeitada?

Se já esperaram mais de meio ano após o prazo estipulado, porque é que não esperaram mais um ou dois meses para disponibilizar o portal a 100%?

É claro que vai haver “inauguração” oficial. Claro. Devem estar à espera de uma data propícia. Talvez mais perto das eleições autárquicas ou de alguma iniciativa de uma ou outra autarquia não socialista.

Estamos cá para ver e ouvir falar.

Ah, e bem mais importante, estamos cá para ver o portal a funcionar como um verdadeiro portal, ao serviço de todos os açorianos, porque é isso que faz falta.

Zirigunfo no Jornal dos Açores ?!?!...

Cá o Zirigunfo foi mencionado pelo suplemento de informática do Jornal dos Açores...
Não agradeço, porque não tenho nada que agradecer, mas registo o facto.
Ah, foi pena terem escrito "www" no URL...
Voltem sempre...

...mas sem "www".

quarta-feira, 15 de junho de 2005

Altos e Baixos

Sou "consumidor habitual" (por razões "técnicas") dos sites de instituições/casas ligadas à área cultural, em São Miguel.
A página do Coliseu Micaelense não está má, se bem que não seja lá muito agradável à vista.
A página do Teatro Micaelense está péssima. Mau grafismo, má disposição de conteúdos, má, má, má...
A página da Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada... enfim... Já é uma sorte apanhá-la devidamente actualizada. Quanto ao grafismo, no comments.

Sinceramente, não percebo. Que pobreza. Que acomodação ao "pobrezinho".

terça-feira, 14 de junho de 2005

Coisas da net...

... que muitos não sabem que existem.
Vale a pena ler.

Há Google...

E Google!

domingo, 12 de junho de 2005

Ainda falam mal...

... das viagens inter-ilhas, na Sata Air Açores! Eheheheheheh

http://www.big-boys.com/articles/landbad.html

É o que dá...

...cantar vitória antes do tempo!

http://www.big-boys.com/articles/2ndplace.html

Não esquecer o recibo...

Este chegou-me por mail...

"Isto também é cidadania."
Porquê pedir sempre um recibo?

Porque não podemos continuar a poupar dinheiro a quem vive dos impostos que nós pagamos, sem pagar os seus!
Quando não exige um recibo - que por lei lhe devia ser entregue, ao invés daquela habitual pergunta viperina " Quer recibo?" - está, de facto, a poupar ao infractor 19% de IVA mais a parcela dos 20 a 40% de IRC que deveria pagar mas não o fará porque, obviamente, se esquivou aos documentos respectivos.

Em números médios ele tem uma vantagem - na fuga aos impostos - de 25 a 30% do total pago além de, neste preço, já ter incluído a respectiva margem.
E nós, que não podemos fugir aos impostos, pagamos os nossos e como ao Estado esse dinheiro já não chega, vamos também sofrer a sós o agravamento dos mesmos porque, as pessoas que diariamente nos vendem refeições, livros, perfumes, fatos, sapatos, portas, janelas...,nunca passam recibos!

Ou seja, pagamos os nossos impostos e temos de pagar também o que outros - vivendo das nossas compras - não pagam, por se esquivarem aos devidos recibos.

Vamos, a partir de hoje exigir sempre recibos. De tudo. Veremos se o deficit se reduz ou não...

Esta é a causa...

para muitos acidentes, pelos vistos...

http://www.big-boys.com/articles/whatcausescrashes.html

terça-feira, 7 de junho de 2005

Este post veio directamente de outro blog, mas teve que ser!

Post "surripiado" ao blog de Júlio Machado Vaz, SEM AUTORIZAÇÃO do mesmo.

"Contemplar o peito das mulheres, é bom para a saúde dos homens e ajuda-os a viver mais tempo!... Foi o que revelou um estudo realizado por um grupo de pesquisadores alemães. Eles concluiram que olhar fixamente todos os dias, durante 10 minutos, para os seios de uma mulher, é tão benéfico como uma boa meia-hora de exercícios físicos. Este estudo, efectuado ao longo de 5 anos, num grupo de 200 homens (voluntários), demonstrou que todos os que aproveitaram o espectáculo entusiasmante e diário de belos seios femininos, sofriam menos de doenças cardio-vasculares e tinham menos problemas de hipertensão do que os que não olharam para os seios todos os dias. O Dr. Karen Weatherby, que dirigiu os estudos, afirmou que: "Olhar para os seios de uma bela mulher durante 10 minutos, em cada dia, é o equivalente a uma meia-hora de aeróbica. A excitação sexual aumenta a frequência cardíaca, e é benéfica para a circulação do sangue.Nós pensamos que, com tal prática diária, os homens podem aumentar a esperança de vida em pelo menos 5 anos.""

Está provado! Cientificamente provado! Pronto! Acho que vou viver melhor a partir de agora!

"Agregador" de Blogues...

Não sei como é que alguém conhece o Zirigunfo, mas pronto.
o Zirigunfo aparece como habitante do Planeta Açores, um denominado "Agregador de Blogues".
Gostei da ideia.
Agradeço a inclusão.
Bloguem sempre.

quinta-feira, 2 de junho de 2005

Os Açores e a "dívida" da saúde...

Notícia do Açoriano Oriental de hoje (02/06/05)

"O Governo Regional dos Açores e o seu Serviço Regional de Saúde vão continuar a não pagar os 16 milhões de euros (3,2 milhões de contos acumulados no final de 2004) que devem ao Serviço Nacional de Saúde e ao Governo da República, devido aos tratamentos prestados no continente aos doentes açorianos, desde há mais de 10 anos."

Mais...

"A única garantia dada pelo Ministro, para já, admitiu Domingos Cunha ao Açoriano Oriental, foi a de que os doentes, “quando esgotada a capacidade técnica dos serviços da Região, possam continuar a ser tratados no Serviço Nacional de Saúde”. "

PIOR...

"O secretário regional ficou satisfeito com a “compreensão quanto à particularidade da nossa Região e do nosso Serviço Regional de Saúde” manifestada pelo ministro, Correia de Campos, mas regressou de Lisboa apenas com a garantia de que o Governo está a estudar uma solução nacional para o problema dos doentes deslocados. Quanto à solução para a dívida, que já se acumula há mais de uma década e que foi até alvo de guerrilha política recente entre o Governo Regional e o da República, Domingos Cunha limitou-se a afirmar que “tudo aponta para o perdão da dívida”, embora ressalve que este perdão “não está ainda garantido”."

Alto e pára o baile!!!!!!!

Mas os Açores devem alguma coisa ao continente no que diz respeito à saúde?
Somos portugueses de 2ª?
Não era o candidato Carlos César que dizia alegremente na última campanha eleitoral que os Açores não deviam nada a ninguém, em relação à saúde?
E agora o Secretário Regional "fica satisfeito" com uma promessa de "perdão de dívida" embora este perdão não esteja ainda "garantido" ?

O Secretário Regional parece ter ido ao continente, d'orelhas em baixo, pedir o perdão ao Sr. Ministro.

Mas qual perdão?
Figuras tristes. É o que fazem alguns governantes, quando abrem a boca.

quarta-feira, 1 de junho de 2005

800 canais de TV, 3000 Rádios e não só...

http://www.freeetv.com/

May the FARM be with you... Always!

http://www.storewars.org/flash/index.html